Reforma no domingo da Record afeta 'Fantástico' e 'SOS'

Estadão

01 de junho de 2010 | 15h32

Foi como a Keila Jimenez contou na coluna de hoje do Caderno 2: aparente peça de reposição para a vaga antes ocupada por Gugu (removido para a faixa das 16h por apresentar resultados aquém do esperado na faixa nobre), o Domingo Espetacular de Paulo Henrique Amorim se deu foi bem.
Voltou a concorrer diretamente com sua fonte inspiradora, o Fantástico, e marcou 13 pontos de média. Já o original da Globo perdeu quase 3,4 pontos em relação ao domingo anterior (o show de Patrícia Poeta e Zeca Camargo rendeu 19,4, ante 23 do domingo anterior).

Gugu enfim conseguiu bater o ex-patrão, que semanalmente, via SBT, vinha impondo no mínimo empate com a Record, não menos que isso. Anteontem, sem enfrentar Silvio Santos, mas sim Eliana, o programa do superloiro foi a 9 de média, ante 7 do SBT.

A reforma na Record, somada à boa audiência mantida pelo Pânico, na RedeTV!, também afetou o SOS Emergência, seriado da Globo exibido logo após o Fantástico. Por alguns minutos, diga-se, a Globo chegou a amargar o terceiro lugar. De fato, não há audiência mais pulverizada que a das noites de domingo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.