RedeTV! ganha na Justiça direito de exibir 'Operação de Risco'

Estadão

20 Junho 2011 | 20h40

Cena de 'Operação de Risco'. Crédito: Reprodução

Em comunicado oficial, a RedeTV! anunciou hoje ter ganhado duas ações na Justiça. A primeira diz respeito a reexibição do reality show policial Operação de Risco, que frequentemente vencia em audiência o CQC, da Band. Sem  acordo para renovação de contrato, a produtora Medialand, detentora do formato do Operação, alegava que  a RedeTV! deixou de lhe pagar e que, assim, a produtora sentia-se no direito de não fornecer  novos episódios do programa e exigia que a emissora parasse de reprisar os episódios antigos. O reality já estava em sua 3.ª temporada e, tanto a primeira como a segunda temporada, têm 27 episódios.

No comunicado, a RedeTV! explicou que o Tribunal de Justiça de São Paulo autorizou a emissora a continuar com as reexibições da primeira e segunda temporadas do Operação de Risco. Segundo a Medialand, a dívida da RedeTV! está na casa dos R$ 400 mil.

Tchecas do Pânico. Foto Divulgação

A outra vitória na Justiça anunciada pela rede é contra as “tchecas do Pânico“, modelos eslovaca e inglesa que se passaram por tchecas e enganaram a produção do Pânico na TV. O programa, patrocinado por uma marca de cerveja, deu espaço às “tchecas”, sem saber que tudo se passava de uma açõa de marketing de uma nova cervejaria do Nordeste. De acordo com a liminar do TJ, a cervejaria nordestina não poderá mais fazer qualquer menção à RedeTV!, ao Pânico e aos seus apresentadores, sob risco de multa diária.