Lisboa paga merchan em "Viver a Vida"

Estadão

16 de março de 2010 | 12h37

Ainda que Lisboa mereça tudo isso e muito mais, não estranhe a larga chuva de confetes que os personagens de Thiago Lacerda e Rodrigo Hilbert promoverão na novela “Viver a Vida” sobre a capital portuguesa. As cenas a seguir não fazem parte dos afagos gratuitos que a Globo costuma fazer em seus folhetins aos nossos ex-colonizadores e permanentes compradores dos produtos made in Projac (aliás, desde os tempos em que a ficção ainda era ‘made in Jardim Botânico’).

Em breve, quatro ações de merchandising entrarão em cena no folhetim de Manoel Carlos como obra paga pela Prefeitura de Lisboa, que se configura, assim, como o primeiro cliente internacional da Globo no campo do merchandising. O objetivo é incentivar o turismo naquele cenário.

Como fotógrafos, Bruno (Thiago Lacerda) e Felipe (Rodrigo Hilbert) que, como fotógrafos, estarão empenhados na cobertura de um evento de moda em Lisboa.  No início da novela, ambos fizeram larga propaganda da Jordânia e de Israel, apenas em troca de passagens e hospedagem em Petra e Jerusalém.

Tudo o que sabemos sobre:

merchandisingNovelaPortugal

Tendências: