Fox explica por que cortou cenas de 'The Walking Dead' no Brasil

Estadão

04 de novembro de 2010 | 15h54

Crédito: Divulgação

Sucesso de audiência nos Estados Unidos, The Walking Dead, a série de zumbis do AMC (canal que também exibe Mad Men e Breaking Bed) chegou ao Brasil na última terça-feira causando polêmica  e desagradando os fãs. Tudo porque a Fox cortou cenas do primeiro episódio. Exibido originalemnte nos EUA  no dia 31, a estreia teve duração de 90 minutos, sendo 66 minutos de arte. Aqui, contando com os intervalos, o episódio durou apenas 54 minutos.

A Fox do Brasil explica que a AMC é um canal de filmes e, portanto, tem regularmente duas horas de janela para exibição de suas atrações. Já a FOX, um canal de séries, tem a janela de 1 hora. Assim, segundo a Fox, a AMC optou por passar a versão do diretor, mais longa e que usualmente é lançada apenas em DVD. Esaa exibição também fez parte do Fear Fest (evento de horror que acontece durante um mês) e do Halloween – festas que existem fora do mercado norte-americano.

Assim que terminou o primeiro episódio, uma onda de protestos começou no Twitter e em blogs, e não tardou para que se descubrisse que a mesma edição da Fox foi usada em Portugal. Abaixo, um vídeo de um telespectador português compara as duas versões: a do diretor e a editada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: