FIT de Rio Preto começa amanhã

Maria Eugênia de Menezes

14 Julho 2010 | 19h46

A festejada Armazém Companhia de Teatro participa do FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto (veja a matéria do Caderno 2) com Antes, trabalho criado sob medida para o evento. “Incorporamos na criação o conceito de singularidade que norteia a curadoria”, diz o diretor do grupo, Paulo de Moraes. A montagem, que deve ser encenada apenas na noite de abertura, questiona as estruturas narrativas convencionais ao contar a história do espectro de um ator que habita as ruínas de um velho teatro.

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

fit02_500

Os Cegos | O espetáculo do diretor canadense Denis Marleau assume a influência das artes visuais.

fit03_500

Las Julietas | Montagem da uruguaia Marianella Morena descontextualiza Romeu e Julieta.

fit04_500

Guerra Cega | Apesar da repercussão limitada em SP, montagem do coletivo Bruto tem destaque.

fit05_500

Otro | Novo trabalho do diretor Enrique Diaz chega ao FIT em versão diferente da apresentada no Rio. (Maria Eugênia de Menezes)