Fique mais um pouco

Estadão

23 Julho 2010 | 09h51

jekyll_500

Você tem mais dois meses para assistir a Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro. Ou para passar longe do teatro. É que a peça é um daqueles musicais que levam as regras do gênero muito a sério: quase não há diálogos falados e as canções preenchem a maioria das cenas. Se a ideia não lhe agrada, você pode se cansar no meio da apresentação. E ter de fazer como os dois casais que estavam sentados perto de mim: aproveitar o intervalo para sair (de fininho).

Eu fiquei. Ouvi as músicas (adaptadas para o português por Cláudio Botelho), observei os incríveis figurinos de Fause Haten, apreciei o cenário – e a chuva que cai no palco – e vi (e ouvi!) a atriz Kacau Gomes, que interpreta maravilhosamente a prostituta Lucy, uma mulher sonhadora que sofre nas mãos do monstro Hyde. E fui embora pensado que aqueles dois casais não sabem o que perderam. (Luiza Pereira)