Franquia ‘Piratas do Caribe’ aposta em ator improvável para faturar novos milhões

Franquia ‘Piratas do Caribe’ aposta em ator improvável para faturar novos milhões

A nova aventura da franquia 'Os Piratas do Caribe', da Disney, já tem data de estreia: o próximo dia 26. O filme vai se chamar "Dead Men Tell No Tales" e terá um ator surpreendente. É pagar para ver. E milhões vão pagar.

Carlos de Oliveira

13 Maio 2017 | 19h27

 

Um doce para quem adivinhar quem é esse temível personagem da saga Os Piratas do Caribe.

Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras. Pois aqui vai uma prova eloquente dessa máxima: tentem adivinhar quem é essa figura assustadora, esse pirata malvado, esse filibusteiro pouco amigável.

Um doce para quem acertar. Como não temos mil palavras para descrevê-lo, nem seria o caso aborrecê-los com mil palavras, seguem-se apenas algumas poucas dicas.

É ator. Ou melhor, está ator, o que é bem diferente, embora já tenha atuado aqui e ali.

É músico.

E dos melhores.

É nobre.

Nobre mesmo.

Um sir.

A partir do dia 26 vai atuar numa das franquias de maior sucesso da Disney.

Bom, agora chega de mistérios bobos. O pirata da foto é o beatle Paul McCartney, que a exemplo do que já fez seu colega Keith Richards, dos Rolling Stones, vai atuar em mais uma versão da saga Os Piratas do Caribe, desta vez na aventura Dead Men Tell No Tales, algo como Mortos Não Contam Histórias.

O poster do novo episódio de Os Piratas do Caribe, desta vez, com Paul McCartney no elenco.

O enredo do filme ainda está cercado de segredos e sabe-se pouco sobre o personagem a ser interpretado pelo beatle. Tudo indica que será um guarda de prisão e que aparecerá em uma cena “extra grande”, seja isso o que for.

Keith Richards, dos Rolling Stones (à esq.) e Johnny Depp, num dos episódios de Os Piratas do Caribe.

Uma certeza: depois dos milhões de dólares já faturados pela Disney com as atuações de Johnny Depp e do próprio Keith Richards (a bem da verdade, o inspirador do personagem Capitão Jack Sparrow), um novo tesouro está a caminho com a participação de McCartney na produção.

E só para fazer alguma justiça ao lado ator do beatle, não custa lembrar que ele atuou em A Hard Day’s Night, em Help!, em Magical Mistery Tour, em Give My Regards To Broad Street e fez uma ou outra ponta em programas da TV britânica. No cinema mesmo, não aparecia na silver screen desde 1987, na comédia Eat the Rich.

Que ninguém duvide de seu próximo sucesso.

A conferir.