Beatles, uma paixão movida a chuvas, frio, neve e trovoadas.

Beatles, uma paixão movida a chuvas, frio, neve e trovoadas.

Pesquisa realizada pelas universidades de Oxford e Southampton e revelada pelo jornal 'The Telegraph' e pela revista 'Weather' mostra que a paixão dos britânicos pelos Beatles deve-se às citações que pelo menos 16 por cento de suas músicas fazem ao tempo, ao clima. Os ingleses adoram falar sobre o tempo e têm nas músicas da banda uma espécie de válvula de escape para lidar com a chuva, com o frio e com a neve tão comuns na ilha. A pesquisa também levou em conta menções ao clima feitas por outros compositores e bandas, num total de 900 canções. Entre elas, as dos Beatles se destacaram.

Carlos de Oliveira

08 Julho 2015 | 16h31

Quarenta e cinco anos após o fim dos Beatles, o carisma da maior banda de pop-rock da história ainda intriga o mundo e instiga curiosos e pesquisadores a formularem um grande número de teorias, das mais bizarras às mais sérias. Longe de ser mais uma fofoca de tablóide sensacionalista, o caso que se segue é uma constatação científica feita com base em pesquisa realizada pelas universidades de Oxford e Southampton, dois célebres polos de ensino na Grã-Bretanha.

O clima é tema recorrenete nas canções dos Beatles.

O clima é tema recorrente nas canções dos Beatles e motivo da paixão que os britânicos têm pela banda.

Segundo reportagem assinada por Sarah Knapton, editora de ciência do jornal inglês The Telegraph, está finalmente desvendado o motivo da paixão que os britânicos sentem pelos Beatles até hoje:  de 308 músicas da banda, 48 (16 por cento) falam sobre o tempo, sobre o clima, e não existe tema mais caro aos ingleses do que falar sobre o tempo, nem que seja para maldizer a chuva, o vento e a neve que assolam a ilha com frequência.

Chuva – E, mais uma vez, não pensem que a informação acima é alguma piada. A pesquisa é coisa séria e foi feita com base em cerca de 900 cantores e/ou compositores que usam ou usaram o clima como simples menção ou como tema principal de suas canções. Nesse universo, os Beatles surgiram como os mais prolíficos, tendo a chuva como musa inspiradora.

Uma das responsáveis pelo trabalho, a professora e doutora Sally Brown, da Universidade de Southampton, disse que os pesquisadores ficaram surpresos com a frequência com que o tempo aparece na música popular britânica. “Esses exemplos indicam que discutir o clima, uma atividade muitas vezes vista como uma obsessão local, é, na verdade, um passatempo popular. E muito pode ser aprendido sobre a nossa sociedade a partir desses dados.”

Top 500 – Os resultados do trabalho (que extrapolou os limites da Grã-Bretanha) foram publicados pela revista Weather e levaram em conta a análise das letras, do gênero musical e de referências a eventos meteorológicos específicos. Em aproximadamente seis por cento dos casos, o tempo foi usado como uma metáfora de relações amorosas, como na música Stormy, de 1968, gravada pela banda Classics IV. Em 2011, sete por cento das músicas que figuraram no Top 500 da Rolling Stone faziam referência ao clima.

Alguns compositores foram inspirados por certos eventos climáticos específicos. Foi o caso de George Harrison e sua Here Comes The Sun, do álbum Abbey Road. A Inglaterra acabava de sair de um inverno especialmente rigoroso e os primeiros raios de sol da primavera de 1969 foram saudados com entusiasmo.

Ouça Here Comes the Sun:

Detalhes – Ao detalhar a pesquisa, os dados mostraram que de 190 músicas tendo o clima como tema principal, o sol teve 86 referências. A chuva recebeu 74 menções. Chuva e sol representaram 37 por cento das citações. O clima também esteve presente no nome de bandas, tais como Coldplay, Wet Wet Wet, The Weather Girls, KC and the Sunshine Band e Vanilla Ice.

Com base nos dados do trabalho, a doutora Sarah Mander, da Universidade de Manchester, disse que “existe, definitivamente, um padrão pelo qual períodos de mau tempo inspiram canções relacionadas ao clima. Elas foram estatísticamente mais significativas nos Estados Unidos, durante os anos de 1950 e 1960, quando ocorreram mais tempestades em relação ao período 1970-1980, por exemplo”. A pesquisa mostrou ainda que cerca de um terço das gravações de Bob Dylan foram inspiradas pelo clima.

Tema recorrente nas músicas dos Beatles, quem poderia imaginar que o clima fosse fator determinante para o sucesso da banda entre os britânicos?

Confiram trechos de letras de algumas dessas canções.

Rain:

…can you hear me that when it rains and shines
It’s just a state of mind
Can you hear me, can you hear me?

Fixing a Hole:

I’m fixing a hole where the rain gets in
And stops my mind from wandering
Where will it go…

I’m The Walrus

…sitting in an English garden, waiting for the sun
If the sun don’t come you get a tan
From standing in the English rain…

Here Comes The Sun:

Little darling, it’s been a long cold lonely winter
Little darling, it feels like years since it’s been here
Here comes the sun, here comes the sun
And I say it’s all right…

Dear Prudence:

Dear Prudence, won’t you come out to play
Dear Prudence, greet the brand new day
The sun is up, the sky is blue
It’s beautiful and so are you
Dear Prudence won’t you come out and play?

Good Day Sunshine:

I need to laugh, and when the sun is out

I’ve got something I can laugh about

I feel good, in a special way

I’m in love and it’s a sunny day…

Sun King:

Here come the sun king

Here come the sun king

Everybody’s laughing

Everybody’s happy

Here come the sun king…

Two Of Us:

Two of us wearing raincoats
Standing so lone
In the sun…

The Long and Windind Road:

The wild and windy night
That the rain washed away
Has left a pool of tears
Crying for the day…

Penny Lane:

Penny Lane the barber shaves another customer
We see the banker sitting waiting for a trim
And then the fireman rushes in from the pouring rain
Very strange…

E ouça Rain:

Mais conteúdo sobre:

Beatles