Vida cheia de vazio

Vida cheia de vazio

Oscar Quiroga

12 de agosto de 2013 | 17h19

 

Às 17h19 de segunda-feira 12-8-13 a Lua que cresce ingressou em Escorpião e está em trígono com Netuno, conjunção com Saturno, quadratura com Mercúrio e trígono com Júpiter até 12h11 de terça-feira 13-8-13, horário de Brasília.

O estresse provocado pelas simulações e fingimentos nossos de cada dia é tal que, apesar de serem colocados em marcha pelo intelecto, a necessidade de sustentá-los cotidiana ou periodicamente mobiliza emoções intensas e isso acaba consumindo uma vitalidade que poderia, sabemos bem, ser concentrada em assuntos bem mais interessantes e valiosos.

Nesses momentos nos irritamos, não conosco mesmos, como devíamos, mas com quem estiver ao nosso alcance, dentro de nosso círculo de influência, projetando nessas vítimas nossos vazios existenciais.

A vida, porém, ainda que cheia disso, paradoxalmente cheia de vazio, não se resume a isso, pois é nessa intensidade emocional às avessas que se encontra também o fio da meada que nos conduziria de volta para casa, com as nossas almas esgotadas de tanto fingimento e simulação, mas preparadas para sair do armário, não necessária e exclusivamente para confessar essa ou aquela predileção sexual, afinal, muito pouco na vida gira em torno disso, apesar de parecer o contrário.

Não, sair do armário é sair do calabouço em que nós mesmos nos metemos, nos confortamos, e um dia, querendo sair desse descobrimos que nos esquecemos de onde deixamos a chave. Aí começa o tormento, conosco querendo sair do calabouço e não mais conseguindo.

Tormento merecido, pois fruto de nossas simulações e fingimentos. A compaixão do grande Buda não nos conforta nesse momento, pois o labirinto foi inventado com nossos próprios passos.

Em pó se transformam as simulações, em cinzas nossas grandes conquistas e, assim, cansados e destituídos de toda glória iniciamos nossa ressurreição.

Aí começa nossa vida verdadeira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: