Tudo é necessário

Tudo é necessário

Oscar Quiroga

12 de fevereiro de 2014 | 17h15

 

Às 17h15 de quarta-feira 12-2-14 a Lua ingressou em Leão onde completa sua fase CHEIA em trígono com Urano, quadratura com Saturno e oposição a Mercúrio até 1h13 de sábado 15-2-14, horário de verão de Brasília. No mesmo período, Mercúrio reingressa em Aquário, Sol e Marte em trígono.

Tu vais fazendo o que intuitivamente te parece o melhor em benefício de tua própria alma e a do mundo também.

Tu reciclas o lixo, Tu desenvolves cordialidade nos contatos sociais em áreas públicas, Tu te preparas para orientar melhor teus filhos, Tu tomas cuidado com o meio ambiente, Tu te informas a respeito dos elementos nocivos e deixas de comprar produtos que os contenham, Tu meditas, Tu abres teu coração para a compreensão de outras religiões que não a de tua nascença, Tu inicias o vegetarianismo, Tu cuidas dos animais domésticos como se fossem seres humanos, ou melhor.

Tudo isso é muito bom, te eleva e abre a mente e coração para realidades mais abrangentes.

Porém, se ainda criticas e julgas com severidade teus semelhantes porque não reciclam, porque são toscos no trato social, se os condenas porque não tomam cuidado com o meio ambiente, se os julgas por se encerrarem em religiões que só parecem buscar o lucro e explorar os fiéis, se te distancias deles e delas porque não são vegetarianos e tentas lhes mostrar que são assassinos porque comem carne, se condenas aqueles que não apreciam os animais domésticos, se tudo isso fazes, precisas saber que é em vão fazeres os sacrifícios que fazes para te elevar e abrir a mente e coração para realidades mais abrangentes.

Se não consegues conviver com quem é diferente de ti é porque ainda não convives bem com tua própria alma, que é complexa e cheia de incongruências, pois se importa em não matar um boi para comê-lo, mas lhe parece aceitável rejeitar sumariamente alguém que pratique uma religião que Tu não aprecias.

Te afirmo, só há uma felicidade possível, a de todos.

Quando tentas te convencer que teus argumentos são maiores e melhores, isso acontece porque ainda não te elevaste sobre teus semelhantes para enxergar tudo com amplitude, pois se o terias feito, terias também compreendido que o único sinal de tua verdadeira elevação consistiria em tua boa vontade de ajudar e no ato sumário de nunca mais criticares nem julgares ninguém.

Tudo é necessário. Tudo é necessidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.