Tendência brutal

Oscar Quiroga

23 de janeiro de 2012 | 05h39

23-1-12 – segunda-feira – Das 5h39 até 22h54, horário de verão de Brasília, enquanto a Lua Nova transita por Aquário, Mercúrio e Marte estão em trígono e Marte inicia sua retrogradação.

Essa queda de nossa humanidade na direção da brutalidade e selvageria pode encontrar, nos próximos três meses, maiores chances de se realizar.
Busca e encontrarás, essa é uma lei infalível.

Busque brutalidade e com certeza você vai encontrá-la.

Eu?!!?? Você dirá – Eu nunca faria isso!

Pois sim! Toda vez que você dá uma fechada injusta a outro motorista no trânsito, toda vez que você xinga estrepitosamente o mesmo ou outro motorista, todas essas vezes você entra na sintonia da brutalidade, e o faz pensando que está com a alma armada até os dentes de argumentos que legitimam essa ação.

A brutalidade não tem como ser legitimada no mundo humano, gastar neurônios nisso é de uma inutilidade abissal. Quem toma atitudes brutais é porque não pensa direito.

Essa brutalidade nossa de cada dia não começa hoje, vem de longa data, mas com a retrogradação de Marte, e até meados de Abril próximo, irá se tornar a cada dia mais e mais selvagem, num ano em que ainda estamos todos tentando nos recuperar da insanidade do ano passado, 2011.

Eu sugiro firmemente a todos se precaverem contra o bruto que mora dentro de cada um de nós, para mantê-lo contido e sob domínio, no cabresto, para não se contaminar com a brutalidade generalizada que começa a rolar solta a partir de hoje.

Para contra-arrestar o processo desenfreado, ilumine seus semelhantes com uma dose extra de tolerância, mas não tente, com a alma tomada pela caridade e benevolência, transformar um bruto desenfreado, pois ele ou ela se voltará contra você imediatamente. Deixe passar, apenas isso.

Próximo boletim será publicado às 22h54 de 23/1/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.