Sol ingressa em Peixes

Oscar Quiroga

18 Fevereiro 2012 | 12h33

Das 12h33 de sábado 18-2-12 até 7h23 de domingo 19-2-12, horário de verão de Brasília, a Lua que míngua em Capricórnio está em quadratura com Saturno. No mesmo período, Sol está em trígono com Saturno e logo depois, já na madrugada de domingo, às 4h18, horário de verão de Brasília, ingressa no signo de Peixes.

Se você for um dos incansáveis foliões, nada faça durante este período que possa servir para azedar o divertimento, o céu protegeria e fortaleceria essa atitude e, adeus divertimento!

A alegria deve ser leve, despreocupada e, principalmente, nunca servir de pretexto para perturbar a tranquilidade alheia, pois senão for capaz de contagiar com seu ritmo, então não merece ser chamada de verdadeira alegria.

Tecnicamente, este não é um período de divertimento, por isso será muito melhor para os que trabalham nos bastidores do que para os foliões se divertirem. Mais uma vez, para os que trabalham este momento astrológico é vento em popa.

Já para os que viajaram em busca de um bom momento de descanso em praias, resorts e hotéis fazenda, provavelmente descubram que se meteram em campos de concentração para turistas, onde falta o mínimo para ter um tempo decente de descanso e divertimento.

Porém, nada importa, se a alegria for verdadeira, tudo pode ser tolerado. Por isso, vai de novo a advertência, nada faça que possa subverter esse espírito, pois neste momento essa atitude seria fortalecida e ficaria evidente que só poderia haver divertimento neste período porque a alma humana assim o decida, e não porque as condições sejam realmente propícias.

Enfim! A entrada do Sol no signo de Peixes neste cheio de expectativas ano de 2012 deve fazer ressurgir os temores de fim de mundo, mas provavelmente o mundo já acabou e nenhum de nós ainda percebeu, é como estar no sonho, mas nos convencermos de já termos acordado.

Há algo estranho no ar e com o Sol em Peixes deve ficar ainda mais estranho.

Porém, estranheza por estranheza, no mundo dos sonhos tudo é possível, inclusive que o pesadelo se transforme numa imagem de rara beleza que infunda o mais sublime dos sentimentos.

Próximo boletim será publicado às 7h23 de 19/2/12