Silêncio

Silêncio

Oscar Quiroga

25 de novembro de 2013 | 10h12

 

Às 10h12 de segunda-feira 25-11-13 a Lua ingressou em Virgem para cumprir sua fase quarto minguante em oposição a Netuno e trígono com Plutão até 5h57 de terça-feira 26-11-13, horário de verão de Brasília. No mesmo período, Mercúrio e Saturno em conjunção.

Intermináveis ramificações são as mentes das almas irresolutas, mas em todas essas se esconde o segredo de um pensamento unificado, sintético e determinado, a capacidade que buscas freneticamente para te salvares de continuar naufragando em tua própria mente, feita de intermináveis ramificações.

Dentre todos os segredos que tua mente oculta há um que precisas aceitar, pois já o conheces, só te falta aceitá-lo. Dentre todos os segredos, tua mente conhece o silêncio, e esse conhecimento reconhece a disciplina, o método necessário para deixares de naufragar em tua própria mente.

Sim, Tu sabes que és capaz de navegar com destreza em tua própria mente, só te falta aceitar o silêncio e fazer desse teu refúgio.

Silencia, então! Silencia diante das fofocas, silencia diante das informações inúteis, silencia diante de teu lindo celular, silencia diante da televisão, silencia, silencia, silencia.

Talvez te convenha escolher alguns períodos em cada semana para silenciar de vez, fazendo um voto de não abrir a boca nem nada escrever para emitir tuas opiniões.

Te disciplina, ou não cansaste ainda de naufragar em tua própria mente? Não te parece estranho ter de sofrer os tormentos de um instrumento que pode te salvar?

Sim! Em cada bifurcação das intermináveis bifurcações de tua mente está o silêncio, tão antigo quanto a própria mente.

Encontra força no silêncio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: