Razão = Emoção

Razão = Emoção

Oscar Quiroga

14 Julho 2012 | 09h28

Às 9h28 de sábado 14-7-12 a Lua que míngua ingressou em Gêmeos e está em quadratura com Netuno e trígono com Marte até 22h05, horário de Brasília. No mesmo período, Mercúrio inicia retrogradação.

Engana-se quem pensa que a razão seja desprovida de emoção, essa é a fantasia que nossa humanidade ocidental teria gostado de realizar, mas que lhe custou enormes recursos em terapia e, pelo menos, promoveu o avanço do saber psicológico.

Cada reflexão evoca emoções potencializadas, porque o ato de refletir é como você colocar dois espelhos enfrentados, promove a multiplicação ad infinitum. Nessa multiplicação, emoções circulam potencializadas.

Que o digam as pessoas nascidas no signo de Gêmeos, que é o signo mediante o qual o Cosmo irradia essa função racional neste sistema solar nosso. Que elas se observem e constatem que a tentativa de se distanciarem para observar racionalmente a realidade não as preserva de sentirem e se impressionarem muito com o que observam.

Tudo isso para afirmar que razão e emoção caminham juntas, explicação necessária para transmitir a idéia deste período, no qual é propício ir ao encontro da vida para satisfazer a fome de experiências intensas, e fazer isso com plena intenção, o que significa perder, talvez, um pouco da espontaneidade, mas ganhar o resultado.

Você pode ir intencionalmente ao encontro das experiências que sirvam para constatar que a vida é plena, profunda, intensa e cheia de energia.

A intenção será sua razão, a experiência será sua emoção.

Afinal, momentos passionais são os que, na experiência humana, mais se aproximam da perfeição, pois quem os experimenta deixa de lado dúvidas e incertezas, se entregando sem reservas ao acontecimento.

Próximo boletim será publicado às 22h05 de 14/7/12