Pressão

Pressão

Oscar Quiroga

15 de maio de 2012 | 18h47

Às 18h47 de terça-feira 15-5-12 a Lua que míngua ingressou em Áries e está em conjunção com Urano e quadratura com Plutão até 13h10 de quarta-feira 16-5-12, horário de Brasília.

Esperar por circunstâncias melhores para você tomar a iniciativa que já deveria ter sido empreendida há muito tempo seria o mesmo que esperar que o céu caísse sobre a sua cabeça, o mítico temor dos gauleses.

A pressão será imensa durante este período, para que você não protele essa iniciativa nem mais um minuto e, mesmo que sua alma não se sinta completamente preparada para aguentar o rojão, que mesmo assim a iniciativa seja tomada e como resultado dela as coisas adquiram dinâmica.

Você teme a pressão e teme também a força das circunstâncias, mas você se deixa subjugar por esse temor sem considerar que sua presença também é uma circunstância, em muitos casos tão ou mais temível para muitas outras pessoas do que a realidade parece ser a você.

O jogo sujo do medo consiste exatamente nisso, quer nos fazer acreditar que estamos sós no infinito Universo, que os únicos que sentimos medos somos nós enquanto todas as outras almas são corajosas e atrevidas.

A mesma energia dissipada pelo medo pode se transformar no combustível que estava faltando para você tomar suas iniciativas.

E não se preocupe com que o resultado das iniciativas seja imediatamente propício, pode ser que tenha de passar um bom tempo até você perceber que não poderia ter acontecido nada melhor do que o tumulto provocado pelas suas iniciativas.

Porém, cuide para que suas iniciativas não prejudiquem ninguém, ou pelo menos que não prejudiquem intencionalmente.

Uma coisa é provocar tumulto criativo, outra muito diferente é tumultuar para prejudicar os semelhantes. Este caso não se aplica ao momento atual e a nenhum outro.

Próximo boletim será publicado às 13h10 de 16/5/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.