Prazer, Satisfação e Beleza

Oscar Quiroga

07 de dezembro de 2011 | 01h38

7-12-11 – quarta-feira – Da 1h38 até 16h46, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Touro está em trígono com Marte e Vênus.

As ilhas de prazer e satisfação que a vida produza através de coincidências ou mesmo como resultado da força de vontade colocada em ação devem ser aproveitadas sem pudor nem temor ao pecado. É legítimo que a alma humana obtenha prazer e satisfação.

Nenhum problema nesse sentido, a não ser quando a alma humana se resume a isso e nada além, pois é aí que o prazer e satisfação se convertem em seus opostos reais, a dor e eterna insatisfação.

Outro problema da legítima obtenção de prazer consistiria em se sacrificar relacionamentos dignos e necessários só por um momento de duvidosa reputação. Aí o resultado seria dor imediata.

Para não ricochetear continuamente entre os dois opostos inseparáveis, prazer e dor, a alma humana precisa produzir beleza sem deter-se a desfrutar os resultados, apenas fazendo-o porque lhe dá vontade fazê-lo, sem medir esforços e sem esperar para ver como ficou.

Produzir beleza é uma das expressões espirituais mais elevadas e perfeitas, tal qual o reino vegetal faz que, guardadas as devidas proporções, é muito mais aperfeiçoado do que o reino humano, nunca se poupa, mesmo dispondo de apenas um grão de terra o aproveitará para germinar, crescer, florescer e frutificar, abrangendo todas as etapas com absoluta perfeição.

Para que um pouco da maravilha cósmica se revele através de sua busca de prazer, faça com que essa não seja motivada apenas para o seu usufruto pessoal, mas que possa ser compartilhada pelo maior número possível de pessoas. Isso é beleza!

Próximo boletim será publicado às 16h46 de 7/12/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua cresceLua em Touro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.