Período intenso

Oscar Quiroga

12 de janeiro de 2012 | 21h12

Das 21h12 de quinta-feira 12-1-12 até 23h59 de sexta-feira 13-1-12, horário de verão de Brasília, a Lua que míngua em Virgem está em conjunção com Marte e trígono com Sol. No mesmo período, Sol e Marte em trígono, Vênus e Saturno em trígono, Mercúrio e Plutão em conjunção, Vênus e Netuno também em conjunção.

Este é um período intenso e de concentrada atividade estelar, no qual será possível você resolver muita coisa, mas sem o cuidado necessário pode acontecer o contrário, tudo ir para o brejo.

Como agir para propiciar o primeiro, resolver muita coisa, e evitar o segundo, que tudo vá para o brejo?

Em primeiro lugar se dispondo à atividade e deixando de lado, por enquanto, a eterna busca de prazeres e satisfações. Você é um ser humano e sua consciência é plenamente capacitada para protelar a satisfação dos desejos em nome de algo maior que não traga necessariamente resultados imediatos.

Nenhum outro ser neste planeta consegue fazer isso, só os humanos temos essa capacidade de entender que se pode abnegar certos resultados imediatos em nome de algo que não necessariamente seria certo acontecer.

Pois bem, este é um daqueles períodos em que você poderá honrar sua natureza humana, se dispondo a deixar de lado a busca imediata de prazeres e satisfações em nome de projetos maiores.

Ou seja, na prática este é um momento de sacrifício, mas que não deve ser necessariamente sofrido, pois uma vez que a alma pousa seus olhos na imaginação de um futuro possível, ainda que esse seja distante e incerto, esse olhar também brinda com certo grau de satisfação.

É trocar uma satisfação imediata por outra mais distante, só isso.

Algumas pessoas são incapazes disso, não sabem honrar sua natureza humana e nunca apostam no futuro incerto. Para elas, este período deve ser atormentador.

Porém, para todas essas almas que estão cansadas de ser moídas pelo triturador da civilização e que ardem de vontade de transformar suas vidas e transformar o mundo também, este será um período crucial, no qual muitas coisas interessantes poderão ser postas em marcha em nome desse futuro incerto, mas que a imaginação dá como próxima, ainda que seja distante.

Próximo boletim será publicado às 23h59 de 13/1/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.