Para que o mundo seja o que pode ser

Oscar Quiroga

17 de março de 2012 | 13h13

Às 13h13 de sábado 17-3-12 a Lua que míngua ingressou em Aquário e está em sextil com Urano e Mercúrio, tanto quanto em quadratura com Júpiter até que a conjunção de Mercúrio e Urano se completar amanhã, domingo 18-3-12, às 14h22, horário de Brasília.

Inicie sua reviravolta particular tendo em mente beneficiar todas as pessoas que façam parte de seu círculo de influência.

Se você sucumbir à apreensão sua alma será sequestrada pelo sistema de hipnotismo sutil que faz com que os humanos sejam menos humanos do que poderiam ser, degringolando em bestialidades e fazendo com que olhem seus semelhantes com desconfiança, perdendo tempo precioso na tentativa de decifrar conspirações em vez de usar seus recursos para criarem vínculos de solidariedade, a única verdadeira força que salva indivíduos e grupos inteiros do desastre.

Sim, porque há um desastre em andamento, mas que não necessariamente afetará você, pois é um desastre seletivo, vem de dentro, não é provocado por acontecimentos objetivos. Tudo isso é muito misterioso e esotérico para ser compreendido facilmente, porém, você sente desde sempre que há algo errado no mundo, que as coisas não são como deveriam e poderiam ser.

Pois bem! Chegou a hora de fazer os devidos ajustes para que o mundo seja o que pode ser, e a miséria seja erradicada definitivamente deste planeta, pois é produto de uma perversão imperdoável e, a esta altura, inaceitável.

Então, fique consciente e vigilante para não se deixar tomar pela apreensão e, pelo contrário, agir com alegria, como se não houvesse nada a perder, pois de fato não há nada a perder, há tudo para ganhar, e se movimente com confiança e amor na direção do progresso, tomando atitudes que criem reviravoltas no sentido de você não ser mais uma entidade isolada no oceano humano, mas uma alma que compartilha tudo, que cria vínculos de solidariedade e, principalmente, um ser que seja confiável.

Esta é a grande reviravolta!

Próximo boletim será publicado às 14h22 de 18/3/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: