Os privilégios da espécie humana

Oscar Quiroga

22 de dezembro de 2011 | 13h53

Das 13h53 de quinta-feira 22-12-11 até 15h30 de sexta-feira 23-12-11, horário de verão de Brasília, a Lua que se aproxima da fase Nova em Sagitário está em conjunção com Mercúrio e quadratura com Marte.

Quem opina com facilidade sobre o que desconhece acaba evocando o espírito da discussão e daí para frente, como ninguém dá o braço a torcer reconhecendo a imperícia, o clima degringola para aquela estupidez que só os humanos conseguem inventar.

No Universo, só os humanos são capazes de ser estúpidos.

Porém, na mesma medida da tolice, também há a medida da sabedoria, só os humanos conseguem ser divinos porque escolhem livremente sê-lo.

Entre o ápice da glória e a vileza que chafurda na lama, assim transita nossa humanidade pela existência.

De acordo com a matemática cósmica e a tendência inerente de nossa civilização atual, essa mesma que se gaba de moderna e sofisticada, o momento atual evoca muita estupidez.

O reverso da moeda, porém, também está disponível, e aquelas almas que se esforcem para manter o foco no que realmente interesse defender, os princípios espirituais, aproveitarão essa força que degringola automaticamente para a estupidez e a transmutarão em atos de nobreza inigualável.

Tudo no mundo humano é uma escolha, por isso, sofremos dilemas terríveis, por isso a insegurança nos atormenta, porque eternamente temos de escolher que caminho seguir.

Agora não é diferente, é apenas um pouco mais intenso que de costume.

Próximo boletim será publicado às 15h30 de 23/12/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua em Sagitário

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.