Os apertos que ajudam

Os apertos que ajudam

Oscar Quiroga

10 de maio de 2012 | 12h57

10-5-12 – quinta-feira – Das 12h57 até 16h12, horário de Brasília, a Lua que míngua em Capricórnio está em quadratura com Saturno.

Deixou tudo para última hora? Experimente o aperto, então! Porém, saiba que isso não é castigo nem é útil remoer culpas e arrependimentos, esses tolos exercícios psicológicos revelam o quanto nossa alma é prisioneira de estruturas morais decadentes.

Nada disso! O aperto é uma forma eficiente de evocar respostas inteligentes de sua alma, tais como um maior planejamento, ou mesmo a lembrança de as coisas puderem ser bem diferentes e melhores.

Viver no aperto é uma experiência dolorosa, mas completamente evitável, só não a evita quem através das tortuosidades psíquicas acaba se apegando mais a essa tortura do que à vontade de superá-la e entrar na linha, mediante a qual todo mundo sairia ganhando.

Por trás de todo sofrimento está sempre algum pensamento egoísta, tenham certeza disso; essa é uma verdade dura e difícil de aceitar, mas extremamente libertadora, pois determina com eficiência qual é o verdadeiro inimigo que devemos atacar em nome de sermos pessoas melhores e mais felizes.

Então, experimente agora os apertos e limitações produzidos por algo que em você não faz o necessário para criar um mundo melhor, mas não perca tempo se torturando com isso. Compreenda o que deve ser compreendido e faça melhor da próxima vez.

Só isso.

Próximo boletim será publicado às 16h12 de 10/5/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.