Obrigações e desejos

Obrigações e desejos

Oscar Quiroga

14 de dezembro de 2013 | 05h52

 

Das 5h52 de sábado 14-12-13 até 0h55 de domingo 15-12-13, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Touro está em oposição a Saturno e trígono com Vênus.

Entre as obrigações e os desejos anda a alma humana.

Por que tenho de ficar feliz e cumprimentar pessoas que me são antipáticas? Questiona-se a alma.

A alma questiona: Eu quero ser livre e fazer o que quiser, esta época do ano me parece hipócrita, as pessoas se obrigam a ser simpáticas e se desejarem felicidade, e durante o ano inteiro foram violentas entre si. Por que devo fazer parte disso?

Entre as obrigações e os desejos anda a alma humana, mas isso não é evidente apenas nas festas de fim de ano, todo dia se manifesta esta incongruência, Tu precisas encontrar uma forma inteligente de administrá-la, já que está sempre aí.

As coisas que fazes todos os dias, as coisas que repetes de forma incessante são as oportunidades de te aprimorares.

Por exemplo, se todo dia tu digitas nas teclas de um computador, não te parece que a esta altura Tu já deverias ter aproveitado a oportunidade de teclares com destreza, sem olhar teus dedos, acompanhando a escrita na tela do computador? Te sobra tempo e oportunidades para te exercitar, por que não o fazes?

Cada coisa que repetes diariamente e que te parece apenas uma obrigação é também uma oportunidade de te aprimorares, pois, afinal, não é teu desejo ser alguém brilhante e feliz? Esse desejo se entremeia nas obrigações e encontra nessas a chance de se realizar.

Porém, se Tu continua brigando com as obrigações imaginando que essas te tiram do caminho de teus desejos, então te condenas a ficar nisso apenas, na briga.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.