O grito salvador

O grito salvador

Oscar Quiroga

12 de setembro de 2012 | 13h27

Das 13h27 de quarta-feira 12-9-12 até 0h54 de quinta-feira 13-9-12,horário de Brasília, a Lua que míngua em Leão está em quadratura com Marte.

Apesar dos avanços serem benéficos para a maior quantidade possível de pessoas, o retrocesso continua sendo enfiado goela abaixo também, porque sempre haverá por aí quem, mesmo enxergando os benefícios, decida emperrar novamente o bom andamento de tudo, só para infligir um pouco de sofrimento aos outros. São esses os prazeres perversos de nossa humanidade.

É a velha fórmula de gozar mediante o fracasso alheio, o que não resulta necessariamente no sucesso próprio. Mais uma das aberrações da brilhante consciência humana que se mete em circuitos não tão brilhantes assim.

Dessa vez, porém, valerá dar alguns murros sobre a mesa, porque em momentos de profunda ignorância e burra teimosia, às vezes um grito bem dado faz a consciência voltar a si, desgarrando-a do vórtice ignorante em que tinha se metido.

Não há garantia disso, às vezes as pessoas envolvidas e representativas disso são tão tolas, além de tomadas pela soberba, que diante do grito que as salvaria de continuar em frente com tamanha burrice, elas se ofendem e aprofundam ainda mais a ignorância.

Nada é garantido, mas cada alma deve assumir o papel que lhe toca desempenhar e desempenhá-lo da melhor forma possível, que sempre será desapegada do fruto da ação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.