O Ego nosso de todas as horas

Oscar Quiroga

16 de novembro de 2011 | 14h18

Às 14h18 de quarta-feira 16-11-11 a Lua que míngua ingressou em Leão e permanece em trígono com Urano, quadratura com Júpiter e quincunce com Plutão até 1h01 de quinta-feira 17-11-11, horário de verão de Brasília. No mesmo período, Marte e Júpiter estão em trígono.

Já que o Ego nosso de todas as horas não abandona nem sequer por um instante a idéia de termos de ser os melhores, os maiores e as estrelas rutilantes em todas as situações, pois então nos munamos de conhecimento, bons desejos e excelente empenho físico para demonstrar na prática que podemos dar conta desse recado.

Não há nada mais patético do que um Ego humano insistindo em ser a estrela rutilante sem ter meios nem fundamento para isso.

Deve haver uma forma de garantir essa necessidade de brilhar sem passar vergonha!

Parece que o trabalho é essa forma, qualquer um!

Independente de você ser gari ou CEO de uma multinacional, se você desempenhar suas funções com brilho, conhecimento e envolver seu coração nas tarefas, tenha certeza que a influência que sua presença irradiará será única e original, promovendo, inclusive, que todas as pessoas próximas se motivem a acompanhar essa atitude.

Já que é para brilhar, que seja com conteúdo!

Agora é esse momento, brilhe com toda a intensidade possível através do excelente desempenho de suas funções.

Próximo boletim será publicado à 1h01 de 17/11/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua em LeãoLua míngua

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.