O ardor essencial

Oscar Quiroga

21 de agosto de 2011 | 03h13

 

21-8-11 – domingo – Das 3h13 até 21h, horário de Brasília, a Lua quarto minguante de Touro está em quadratura com Netuno. No mesmo período, Vênus e Netuno estão em oposição e logo a seguir Vênus ingressa em Virgem.

 

É domingo e este período poderia ser como qualquer outro, dedicado à preguiça ou ao convívio familiar ou as duas coisas ao mesmo tempo.

Porém, o Universo não tem esses planos, aliás, tem planos muito diferentes e instiga o fervor inerente a todo ser humano, aquele algo sem o qual não poderíamos nos olhar no espelho e nos identificar.

Todo ser humano possui este ardor interno e é quem ele é na mesma medida em que coloca em ação, defende, incentiva e protege este ardor. Normalmente o deixamos de lado para levar uma vida normal.

Eis que a normalidade foi para o beleléu e se tornou propício viver de uma forma mais avançada e sofisticada.

Agora é domingo, mas não é um momento qualquer, esse seu fervor interior não permite que este seja um momento qualquer.

 

Próximo boletim será publicado às 21h de 21/8/11

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: