Netuno ingressa em Peixes

Oscar Quiroga

03 de fevereiro de 2012 | 13h24

Das 13h24 de sexta-feira 3-2-12 até 3h07 de sábado 4-2-12, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Gêmeos está em quadratura com Vênus e trígono com Saturno. No mesmo período, Netuno ingressa em Peixes.

Este poderia ser um período como qualquer outro e a inércia da existência de cada ser humano e a do mundo inteiro confirmará isso, não há dúvida de que continuará acontecendo o mesmo de sempre.

Porém, para as almas medianamente sensíveis e antenadas algo não encaixa bem, a aparente normalidade não engana mais completamente como outrora, há uma falta de sincronia entre o que parece e o que é, algo que levanta suspeitas de que outras coisas mais importantes estejam em andamento e que requerem a devida atenção.

Ser medianamente antenado não será suficiente, cada pessoa que chame a si de sensível e intuitiva terá de se esforçar para aumentar o nível de recepção das informações e, assim, tornar-se capaz de interpretá-las com clareza, sem viajar na maionese.

Isso porque com a primeira entrada de Netuno em Peixes, que se completará definitivamente só em 2013, mas que já começa a fazer sentir sua poderosa presença no mais íntimo da alma do mundo, toda nossa humanidade se dividirá radicalmente entre os que buscam desenfreadamente o poder sem no entanto ter capacidade para administrá-lo, e a outra humanidade que está farta de ver passar grupos e mais grupos com cara de idealistas lutando contra os opressores de plantão para depois se tornarem um novo grupo opressor.

Há algo de radical no ar, uma mudança não prevista por ninguém, uma inflexão que só pode ser atribuída ao Dedo de Deus intervindo nos acontecimentos.

Ninguém sabe ao certo o que é, mas algo maior está em andamento, maior do que o primeiro mundo, maior do que os países emergentes que pretendem tornar-se primeiro mundo, maior do que as corporações, maior do que as Igrejas e Religiões, algo que requer uma disposição sinceramente humilde de nossa parte.

Enquanto isso, a normalidade continuará parecendo normal, mas já não enganará mais tão facilmente quanto antes.

Próximo boletim será publicado às 3h07 de 4/2/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: