Maio vem vindo aí

Oscar Quiroga

09 de abril de 2012 | 12h13

Às 12h13 de segunda-feira 9-4-12 a Lua que míngua ingressou em Sagitário e está em quadratura com Marte e Netuno, também em trígono com Urano e oposição a Vênus até 21h27, horário de Brasília.

Maio se aproxima, o mês onde acontecerá uma inflexão definitiva desta nossa antiga-moderna civilização atual para outra, reinventada. Por isso, a apreensão aumenta, e em momentos como o de hoje, produz acontecimentos aparentemente sem nexo nem conexão, de tão dispersos que são.

São dispersos para a mente racional, que pretende explicar tudo sem entender nada, porém, há um fio de meada que alinhava toda essa diversidade dispersa, a tendência de o sistema atual que rege o mundo ser substituído por outro, de caráter distributivo e não mais concentrador.

Não esperem que Maio traga essa mudança toda, é um processo que vem se precipitando há dois mil anos e que atinge seu ápice em Maio próximo. A partir de então o mundo não terá mais tanta capacidade de resistir ao avanço da inovação, porém, para que essa avance mesmo serão necessários humanos atrevidos, motivados pela força do idealismo e que não temam fazer apostas altas em conceitos e estruturas que até aqui eram objeto de mofa.

Então, viva este momento em particular sem se esforçar demais para que tudo faça sentido, mas também não deixe de lutar para seguir o caminho proposto pelos seus ideais evitando cair na tentação de se dispersar demais, pois haverá acontecimentos suficientes para isso.

Quando sua mente estiver prestes a dar curto circuito, dê uma boa caminhada, sue um pouco, faça ginástica, qualquer coisa que tire você de uma situação apreensiva provocada pelo excesso de dispersão.

Próximo boletim será publicado às 21h27 de 9/4/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.