Magnificência virtuosa

Oscar Quiroga

06 de fevereiro de 2012 | 17h23

Das 17h23 de segunda-feira 6-2-12 até 19h54 de terça-feira 7-2-12, horário de verão de Brasília, a Lua que transita por Leão completa sua fase Cheia. No mesmo período, Sol e Mercúrio estão em conjunção, Saturno inicia retrogradação, Vênus e Saturno estão em quincunce.

Atitudes magnificentes são reveladoras do que de mais elevado a natureza humana é capaz de desenvolver e manifestar.

Por que então poucas são as pessoas que manifestam magnificência? Bem, nossa humanidade ainda é bruta e mesquinha, não sabemos bem se é bruta porque é mesquinha, ou se é mesquinha porque é bruta, talvez esses vícios andem de mãos dadas e se alimentem mutuamente.

Fato é que o melhor de nossa humanidade ainda reside em estado de potencialidade, disposto a se manifestar num futuro desconhecido.

Porém, aqui e ali sempre haverá o convite do misterioso destino para que manifestemos a magnificência, a bondade, a compaixão, a capacidade de sermos mais do que as paixões viciadas que obscurecem nosso caráter e destino.

Este é um daqueles momentos em que os convites do misterioso destino ficam mais frequentes, firmes e claros. Contudo, como todas as coisas que provêm do aspecto gracioso do Universo, nada é imposto, tudo é sugerido apenas, ficando sob a responsabilidade do livre arbítrio humano aceitar e aproveitar a oportunidade, ou mais uma vez deixá-la passar em brancas nuvens, talvez dessa vez devamos dizer obscuras nuvens…

Na contrapartida da magnificência teremos também, então, aquele show de estupidezes que acontece perto de toda Lua Cheia, pois já que nossa humanidade brutal não consegue, e não quer responder positivamente ao apelo de um mundo mais elevado, então fica com o ônus de ter de administrar de forma ignorante uma energia elevada que lhe queima as entranhas e que a faz reagir de forma brutal.

Você poderá testemunhar isso, e se quiser se precaver e proteger dessa brutalidade, pratique a magnificência, trate com displicência e indiferença essa estupidez, levite acima dela, sem, no entanto, essa leveza ser arrogante e provocar reações mais estúpidas ainda.

Próximo boletim será publicado às 19h54 de 7/2/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: