Lua VAZIA

Lua VAZIA

Oscar Quiroga

23 de junho de 2012 | 19h27

Das 19h27 de sábado 23-6-12 até 8h44 de domingo 24-6-12, horário de Brasília, a Lua que cresce em Leão está VAZIA. No mesmo período, Sol e Netuno em trígono, Urano e Plutão em quadratura.

Eis um período em que pode acontecer qualquer coisa, ou seja, de tudo!

Bom para os espíritos indômitos e aventureiros que se lançam em frenética debandada pela noite afora em busca de… em busca de quê? Talvez nada em especial, mas em busca de, o que já é pelo menos um sentido criado intencionalmente.

Em busca de aventura, em busca de excitação, em busca de companhia, em busca de dissolução, em busca, em busca…

Acontece que este é um momento de elevadíssimo grau de imprevisibilidade, por isso afinado bastante com quem muito busca, mas nem sabe o que busca, pois essa é uma atitude de se colocar à disposição do misterioso destino.

Porém, mistério é mistério, não está aí para brincadeiras, ou melhor, pode até estar aí para brincar, mas nada garante que suas regras de jogo pareçam a nós as brincadeiras que apreciaríamos brincar.

Para muito além do frenesi comum da agenda civilizada, do célebre sábado à noite, o mundo inteiro tende a produzir sinais claros e de grande impacto que criam referências sobre os rumos que nossa civilização está tomando.

Não esperem, porém, abrir o jornal de domingo ou segunda-feira e encontrar essas notícias, se as houver será uma grande coincidência. Os sinais profundos que o mundo oferece demorarão pelo menos três meses para se revelarem, já que se referem a mudanças tão significativas para todos os seres humanos que aqueles que detêm o poder farão o possível para ocultá-las. Prato cheio para os que gostam de teorias da conspiração.

Enfim, dormir não será fácil hoje, há uma energia muito forte circulando pela alma de nossa humanidade e a do mundo também.

Elevar uma oração alegre e despreocupada ajudará um pouco.

Próximo boletim será publicado às 8h44 de 24/6/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: