Lua VAZIA

Lua VAZIA

Oscar Quiroga

28 de dezembro de 2012 | 12h44

Das 12h44 de sexta-feira 28-12-12 até 5h46 de domingo 30-12-12, horário de verão de Brasília, a Lua Cheia de Câncer está VAZIA.

Esta é uma Lua VAZIA de objetividade que perturba o concreto desejo de milhares de pessoas que se lançam às estradas, aeroportos e rodoviárias no mundo inteiro em busca de divertimento para o réveillon que, coincidentemente, também acontecerá em período de Lua VAZIA.

Combinação no mínimo perturbadora, agregando-se a essa a clássica reverberação dos exageros cometidos pelos humanos; bebida, drogas, egoísmo selvagem, predação sexual e por aí vai a lista dos ingredientes que podem transformar qualquer festa em inferno.

Quando as condições são propícias à circulação de maior Vida todos esses ingredientes se diluem, mas neste caso atual, em que a Lua VAZIA do início da organização do réveillon se SINCRONIZA com a Lua VAZIA do próprio réveillon, todas as estupidezes em doses menores e maiores convergem e os resultados não são agradáveis, como se esperaria de um momento de celebração.

Neste período em particular, se for o caso de você viajar, faça tudo com calma e presença de espírito, suportando com amor todos os abusos, que não serão poucos, pois reagir com enfado fará com que sua alma seja capturada pela convergência de estupidezes. Além disso, o enfado não vai solucionar seu problema, só agravá-lo.

E se você optou por ir na contramão da manada que lota estradas e acaba com a cerveja gelada, mesmo assim se muna de presença de espírito, pois nem no sacrossanto espaço de seu sossego as coisas tendem a ficar tão sossegadas assim.

Ainda reverbera uma Lua Cheia fora do comum, também é preparativo desastrado de festa de réveillon, o que agrava tudo, pois se hoje forem feitos os preparativos de assuntos importantes do réveillon, e no réveillon for Lua VAZIA novamente, olha, Eu preferiria não estar presente em nenhuma festa dessas.

Por isso a necessidade de manter a cabeça no lugar e irradiar do coração seu melhor humor, para que mesmo estando presente numa roubada dessas sua alma não apenas não seja afetada por nada que acontecer, mas também ajude muitas pessoas, protegendo-as com sua aura.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.