Inconformada

Inconformada

Oscar Quiroga

04 de novembro de 2013 | 18h15

 

Às 18h15 de segunda-feira 4-11-13 a Lua que começou a crescer ingressou em Sagitário e está em quadratura com Netuno, trígono com Urano e quadratura com Marte até 14h49, horário de Brasília. No mesmo período, Vênus ingressa em Capricórnio.

Inconformada está tua alma com o cenário em que se encontra, inconformada está também com o roteiro que protagoniza, inconformada, inconformada, inconformada!

Nada mais justo do que tua alma se sentir inconformada!

E agora? Que farás com esse estado de ânimo?

Longo é o caminho que trilhaste, longo e sinuoso, parece mais um labirinto. Porém, esse labirinto não existia antes de ti, foram teus próprios passos os que o desenharam, e agora te encontras assim, na solidão do centro do teu próprio labirinto, com tua alma inconformada.

Com grande facilidade argumentas que chegaste aqui porque isso, porque aquilo, porque essa pessoa e a outra pessoa te dificultaram tudo. Nesses argumentos abdicas do teu protagonismo. Não que de vez em quando cada um de nós seja açoitado injustamente, até isso acontece, mas francamente, nenhuma existência pode ser analisada e retratada pelas eventualidades, o labirinto não é feito de eventualidades, é feito por todos os passos que dás todos os dias, especialmente esses que não questionas mais, que repetes e repetes e repetes…

O inconformismo, então, é um alarme para te despertar. Te deu preguiça ter de despertar?

Pois então está aí o primeiro exercício diário que hás de fazer, nunca permanecer na cama quando tiver dado a hora de levantar. Hás de tomar as rédeas de tua consciência, fazer com que obedeça teus comandos, através desse detalhe treinarás tua mente para desfazer o labirinto e construir uma habitação mais adequada para tua idéia de felicidade.

Agora lida com o inconformismo, enxerga nesse estado de ânimo aquilo que te avisa que ainda vives e tens vontade de algo maior.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: