Humanidade criativa

Humanidade criativa

Oscar Quiroga

30 de setembro de 2012 | 00h19

Das 0h19 de domingo 30-9-12 até 8h36 de segunda-feira 1-10-12, horário de Brasília, a Lua Cheia de Áries está em sextil com Júpiter e oposição com Mercúrio.

Nossa humanidade não existe no Universo para se adequar ao que esteja em andamento, mas para intervir na realidade como uma verdadeira artista faria e desempenhar sua arte, inventando novas e antes inimagináveis maneiras de aproveitar o curso da natureza.

Por isso, honre sua humanidade, não se curve aos acontecimentos, mas intervenha reinventando sua realidade.

Não gosta disso? Não gosta daquilo? Melhor! Essas são as oportunidades para você colocar a potência cosmogônica da criatividade em marcha.

O conflito é o efeito colateral da criatividade, pois independente de que a realidade seja a melhor possível, quando a criatividade intervém a realidade resiste e se queixa, é o espírito do conflito.

Porém, não pense você que todo conflito seja produzido pela criatividade, nada disso! Há pessoas que estacionam no conflito, pois essa seria a forma neurótica de ganhar tempo enquanto a preguiça domina o ser encerrado em sua própria neurose.

Por isso, estar em conflito permanente com as pessoas próximas e com o mundo não é garantia de que você esteja fazendo bom uso da criatividade.

Quem brande a potência cosmogônica da criatividade não se detém no conflito, passa por esse desintegrando-o com a indiferença, pois seus olhos estão concentrados numa realidade que ainda não se mostra a todos, mas que pelo efeito do esforço e empenho poderá futuramente ser compartilhada e beneficiar a maior quantidade possível de pessoas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.