Festival de Wesak

Festival de Wesak

Oscar Quiroga

03 de maio de 2012 | 14h27

Das 14h27 de quinta-feira 3-5-12 até 15h03 de sexta-feira 4-5-12, horário de Brasília, a Lua quase Cheia de Libra está em trígono com Vênus, oposição a Mercúrio e conjunção com Saturno. No mesmo período, Vênus e Mercúrio estão em sextil.

Aproxima-se a Lua Cheia mais importante do ano, o Festival de Wesak, o momento anual em que o Senhor Buda faz sua aparição no planeta Terra infundindo ânimo a nossa preguiçosa humanidade para que continuemos nossa eterna busca de luz.

Por isso, a normal tensão de toda Lua Cheia é multiplicada por fatores infinitos. O que fazer com essa tensão? Esta não é apenas a melhor, mas talvez a única pergunta que se deve fazer a este respeito.

Como nossa humanidade está decididamente focalizada abaixo do diafragma, a tensão produzida pela elevação cósmica deste evento de impressionante magnitude é normalmente traduzida como uma busca mais frenética do que o normal por satisfação sexual.

Porém, não é a melhor forma de tratar este evento, com certeza; nada contra a sexualidade, mas cada coisa em seu devido lugar, e um lugar certo para cada coisa.

Nossa espécie humana precisa de um mundo melhor no qual desenvolver suas capacidades e não será através da sexualidade que conseguirá isso, mas elevando sua alma e mente o máximo possível para atingir intuitivamente o Plano que está em andamento e, a seguir, decidir participar ativamente desse.

Todo ano, durante o Festival de Wesak, a Lua Cheia de Maio, nosso planeta, o Sol e a Lua se alinham com certas estrelas das constelações das Plêiades e também de Canis Major, produzindo-se um fluxo de informações cósmicas que sobrelevam nossas preocupações normais.

Para apreciar esse fluxo é imprescindível purificar mente, emoção e corpo, de modo que as informações cheguem à consciência com mínima distorção.

Nesse sentido, aproveite este período para purificar o ânimo dos relacionamentos, exigindo menos, abstendo-se de fazer cobranças e definindo um espírito conciliador, pois, pessoas que se entendam melhor terão mais capacidade de canalizar a tremenda energia espiritual que é derramada no planeta e em nossa espécie durante esta Lua Cheia.

Afinal, as dimensões cósmicas não dependem de indivíduos para se manifestar, mas de grupos de humanos em sintonia.

Próximo boletim será publicado às 15h03 de 4/5/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.