Energia em baixa

Oscar Quiroga

18 de novembro de 2011 | 01h59

18-11-11 – sexta-feira – Da 1h59 até 17h06, horário de verão de Brasília, a Lua de Leão está em sextil com Saturno e oposição com Netuno, completando também a fase quarto minguante.

Depois da inflamação ardente, da vontade de ser tudo, menos mais um na multidão, vem certamente a queda do nível de ardência e uma sensação de não conseguir sustentar por muito tempo esse estado inebriado do ser, que se pensa único e original.

Agora é esse momento de baixa energética, que não tem razão de ser depressivo, mas consciente de que a um período de inflamação sempre seguirá outro, de congelamento.

Assim é a existência, dada a ciclos e alternâncias, se você quiser ir além disso terá de sintonizar sua consciência no além do além, transcendendo o próprio tempo e se tornando imortal.

Porém, essa imortalidade não será a mesma pretendida pela sua personalidade, mas outra, de nível mais elevado, ante a qual sua personalidade terá de se inclinar com profunda humildade, reconhecendo que é apenas uma parte da Infinita Vida que a tudo sustenta e anima.

Talvez essas afirmações sejam demais para um momento como este, talvez você precise apenas reconhecer que não se pode estar na crista da onda o tempo inteiro, que a onda abaixa também e que não há nada errado com isso, apenas a sequência temporal a que todas as personalidades estão sujeitas.

Há saída para isso, claro que há!

Porém, essa saída não é reconhecível pela personalidade, é outro caminho, ante o qual a personalidade precisa diminuir seu impacto e força.

Próximo boletim será publicado às 17h06 de 18/11/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua em Leãolua quarto minguante

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: