Encontre a graça

Encontre a graça

Oscar Quiroga

04 Fevereiro 2013 | 13h36

Às 13h36 de segunda-feira 4-2-13 a Lua que míngua ingressou em Sagitário e está em quadratura com Marte e Netuno, sextil com Vênus e trígono com Urano até 23h33, horário de verão de Brasília. No mesmo período, Marte e Netuno em conjunção.

Encontrar a graça e o donaire que, a despeito do perturbador ricocheteio dos dilemas e ambiguidades, forneçam o impulso necessário para agir, eis a síntese deste período.

Em primeiro lugar, então, agradeça suas dúvidas por criarem o cenário onde este portento se manifeste, pois sem essas não haveria como você perceber que além das perturbações e oscilações próprias dos dilemas se manifesta algo mais elevado, um impulso belo, verdadeiro, cheio de garbo e elegância que é maior do que o ricocheteio perturbador.

Encontre sua graça, ela está aí, oculta por trás do convencimento de que as dúvidas seriam insuperáveis.

Mesmo que pareça a você que superá-las seria por mero ato de precipitação, saiba que até um balde caindo desengonçadamente escada abaixo encontraria um momento perfeito, de sublime movimento que nem os mais experientes bailarinos clássicos saberiam mimetizar.

Os momentos graciosos acontecem, a despeito de não serem propositais, porém, quando a graça se manifesta, que alma retorcida ficaria criticando em vez de se deixando consumir pelo aparecimento da graça? Provavelmente muitas, mas perder a oportunidade de desfrutar a graça é a punição delas.

Aguce seus sentidos e abandone a esperança de que a capacidade de criticar faria de você uma pessoa mais inteligente, na hora de a graça se manifestar não será a inteligência a sua vantagem, mas a capacidade de silenciar diante do surgimento da beleza.