Elevação e abjeção

Oscar Quiroga

07 de novembro de 2011 | 05h16

Das 5h16 de segunda-feira 7-11-11 até 16h10 de terça-feira 8-11-11, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Áries está em oposição a Saturno. No mesmo período, Marte e Netuno estão em oposição.

Se você passa a maior parte do tempo se lamentando pela sua sorte e porque a vida aqui na Terra é cheia de dificuldades e contrariedades, provavelmente buscando refúgio em sexo e narcóticos de todos os tipos, uns químicos e outros psicológicos, então este período será de grandes tentações, especialmente a de esticar o quanto possível a corda de sua resistência, se inclinando a experimentar o lado B das bizarrices, o avesso do avesso, a overdose de tudo.

Assim, no extremo oposto do que você realmente buscava acabará encontrando, na melhor das hipóteses, a dica para fazer o caminho de volta ao coração.

Se você tem se dedicado com afinco a retirar o foco da consciência dos apetites gerados abaixo do diafragma e, através de estudo, de companhias elevadas e de muita reflexão você começou a descobrir uma ponta de verdade nos escritos iluminados de todos os tempos, então você encontrará neste período a ajuda das misteriosas coincidências que abrirão sua percepção ao Divino que se encontra sempre ao alcance da mão, porém, oculto por trás do turbilhão de pensamentos banais com que normalmente nossa humanidade se ocupa.

A mais elevada experiência iluminadora e a mais abjeta sarjeta estão disponíveis, com qual delas você vai se sintonizar?

Próximo boletim será publicado às 8/11/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua cresceLua em Áries

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: