Domingão de distribuição

Domingão de distribuição

Oscar Quiroga

06 de maio de 2012 | 09h15

6-5-12 – domingo – Das 9h15 até 22h40, horário de Brasília, a Lua Cheia de Escorpião está VAZIA.

Mais domingão do que este, impossível!

Viver descompromissadamente, sem preocupações, com a alma leve e a mente tomada de uma alegria ímpar que pareceria tolice insana aos que se convencem de que a angústia seria a única forma eficiente de fazer frente aos males do mundo.

Há um tempo certo para cada coisa, é o ditado bíblico do Eclesiastes, se não estou enganado, e não haveria nada mais sábio do que isso.

A combinação de domingo e Lua VAZIA só poderia ser o tempo certo para se praticar a sagrada arte da despreocupação e, por meio dela, irradiar às pessoas próximas, conhecidas e desconhecidas, essa influência ímpar e singular que permite a manifestação dos melhores sentimentos.

Facilite sua vida em particular e também facilitará a vida de todos que entram em contato com você.

Sem ressalvas, sem ansiedades inúteis, sem nenhum tipo de reação exagerada diante de qualquer estímulo e contrariedade, apenas transitar pela vida afora como se estivesse levitando no infinito. (A imagem pretende ser metafórica, mas pensando bem, é topográfica, descreve literalmente a realidade em que nos movemos e somos)

Para ajudar a que a leveza e despreocupação se tornem arraigadas e nada tire você dessa condição, ouvir boa música vai ajudar bastante, ler um bom livro também, assim como reunir-se com pessoas que sustentem a alegria sem essa se converter em algo insultante para quem não participa dessa reunião.

Tomar um banho demorado, fazer higiene profunda, arrumar gavetas, jogar fora papéis inúteis, mas principalmente, entrar na onda cósmica do Festival de Wesak e compreender que todos nós, humanos, somos pontos de luz que precisam se sincronizar com a Grande Luz que foi derramada durante o Festival, nos tornando responsáveis por distribuí-la da melhor forma possível, seja através de nossas atitudes leves e alegres, mas também representativamente através da distribuição de alimentos aos necessitados ou roupas que não precisamos mais acumular em nossos armários e que poderiam beneficiar amplamente outras pessoas que nem armário têm.

Próximo boletim será publicado às 22h40 de 6/5/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.