Discussões áridas

Oscar Quiroga

02 de fevereiro de 2012 | 12h41

Das 12h41 de quinta-feira 2-2-12 até 13h24 de sexta-feira 3-2-12, horário de verão de Brasília, a Lua quarto crescente de Gêmeos está em quadratura com Marte.

Discussões áridas, porém acaloradas, agitam o ambiente, mas não levam em seu ventre a semente da concórdia, apenas a má vontade de impor opiniões travestidas de perícia, mas que não passam de viagens na maionese do Ego inflacionado das pessoas.

Por isso, se aparecer alguém arvorando argumentos, por mais brilhantes que esses pareçam, deixe passar, faça o possível para não se deixar envolver numa discussão que só pareceria legítima, mas que na prática seria apenas uma dessas conversas de loucos em que todas as pessoas gritam, mas não dizem coisa com coisa.

Não se esqueça de que estamos dentro de um ciclo de brutalidade que durará até abril próximo e que as pessoas em geral, ou melhor, o lado brutal das pessoas, está ativado e disposto a usar tempo e espaço que de outro modo deveria ser tomado pela civilidade.

Melhor não esperar civilidade, melhor contar com a brutalidade de rédeas soltas circulando por aí, inclusive entre pessoas do mais elevado gabarito.

Se quiser se livrar disso, em primeiro lugar contenha o bruto que há em você; em segundo lugar se sua alma se sentir desafiada a reagir à brutalidade alheia, contenha-se mais ainda, pois essa é a deixa para mergulhar numa sintonia que não apenas não trará nada como ainda por cima tirará muito de você.

Próximo boletim será publicado às 13h24 de 3/2/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: