Detenha a repetição

Oscar Quiroga

03 de abril de 2012 | 10h54

Às 10h54 de terça-feira 3-4-12 a Lua que cresce ingressou em Virgem e está em oposição a Netuno e conjunção a Marte até 18h16, horário de Brasília. No mesmo período, Vênus ingressa em Gêmeos.

Você fará bem respondendo positivamente à intuição que avisa ser melhor parar de se repetir, porque muitos dos hábitos e costumes que outrora significavam proteção, saúde e bem-estar deixaram de produzir esses efeitos e, pelo contrário, produzem o oposto.

É propício inovar, aventurar-se a criar novos hábitos e costumes.

Isso é fácil dizê-lo, mas muito difícil praticá-lo, pois existe uma qualidade da matéria que se chama inércia, que atua automaticamente através da repetição do mesmo e da limitação de toda criatividade. É muito difícil superá-la, mas não é impossível, para isso temos disponível a força de vontade.

Ou seja, você sabe intuitivamente que deve parar de se repetir, e sabe também que para isso você deve reinventar seu cotidiano. Agora só falta você aplicar força de vontade para se disciplinar e substituir a inércia repetitiva de hábitos arcaicos por outros novos.

No começo a sua realidade se queixará como dobradiças de porta que não abre há séculos, mas com o tempo e a sistemática repetição (o mesmo substitui o mesmo) o processo se tornará doce e provedor de bem-estar.

Próximo boletim será publicado às 18h16 de 3/4/12

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.