Destrua o que destrói você

Destrua o que destrói você

Oscar Quiroga

04 de outubro de 2013 | 00h01

 

Às 0h01 de sexta-feira 4-10-13 a Lua ingressou em Libra para completar sua fase NOVA em quadratura com Plutão e oposição a Urano até 21h35, horário de Brasília.

Destrua você tudo que destruir você, seu direito inalienável é ser feliz, é ser livre, é ser uma alma transparente, bela e verdadeira, aproximando-se constantemente do Divino.

Tudo que se contrapor a esse destino há de ser destruído, mas atenção! O campo de batalha é subjetivo, as afirmações aqui escritas não autorizam você a destruir ninguém, você deve destruir em sua vida interior todos os aspectos sórdidos que sabotam a felicidade, a liberdade, a transparência, a beleza, a verdade e ulterior aproximação ao Divino.

Nunca será suficiente o empenho nesse sentido; nesse caminho todos, sem exceção, estamos no início.

Por isso este momento é propício como nenhum outro para reiniciar essa guerra que não é contra nada nem contra ninguém, é a guerra onde se decide o domínio da percepção do Divino sobre a brutalidade de ignorá-lo.

E se por acaso você ter pleno convencimento de que tudo que boicota sua felicidade for produto de alguém com quem você se relaciona ou de circunstâncias que estão além do seu controle, reconheça o mais rapidamente possível que tal convencimento é mais uma dentre as inúmeras conexões espertas que a sabotagem faz, sabotagem essa que é sua cria, seu invento, seu poder, um poder utilizado às avessas, mas poder enfim.

Sem piedade nem compaixão, pois você não deve gastar virtudes sobre o que não merece essa graça, ataque e destrua tudo que houver em você que destrói sua felicidade e aproximação ao Divino.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: