Desejos e aspirações

Desejos e aspirações

Oscar Quiroga

15 de agosto de 2014 | 12h58

 

Às 12h58 de sexta-feira 15-8-14 a Lua ingressou em Touro para completar sua fase QUARTO MINGUANTE em quadratura com Vênus, sextil com Netuno, quadratura com Júpiter, trígono com Plutão, oposição e Marte e Saturno até 9h26 de domingo 17-8-14, horário de Brasília. No mesmo período, Mercúrio ingressa em Virgem.

Tu desejas o que desejas, não adianta tentar fingir que poderias negociar a esse respeito, teus desejos são objetivos e certeiros, são inflexíveis e autoritários, não te deixam em paz até que os satisfaças.

Ainda por cima, teus desejos são repetitivos e recorrentes, hoje estão satisfeitos, mas daqui a pouco requerem novamente tua atenção, retornando com um vigor tamanho como se nunca tivessem encontrado satisfação.

Que poder é esse, que sequestra teus sentidos e parece te tratar como uma marionete, como um mero veículo de satisfação, e se não obedeces te castiga com frustração?

Já te puseste a pensar em como surgiram essas forças avassaladoras?

Já refletiste sobre o fato de quão diferente seria tua existência se em vez de funcionares como marionete de teus desejos, Tu os cavalgasses com destreza e os conduzisses sob o comando de teu livre arbítrio?

Tua existência seria completamente diferente, as portas do Universo se abririam para ti, nada te resistiria.

Para chegar a isso precisas compreender melhor a natureza dessas potências cosmogônicas e te focares com plenitude na fonte original, e não nos seus efeitos.

Enquanto tua consciência brinca com os efeitos dos desejos, Tu não passas de uma marionete ao sabor de satisfações e frustrações.

Quando tua consciência se focar na fonte de onde surgem essas terríveis potências, então te identificarás e tua alma será UNA com a origem, e tudo será diferente sem, no entanto, nada ter mudado.

Devolve os desejos aos seus verdadeiros donos e te converterás em dono de teus desejos, e teus desejos não se chamarão mais assim, mas aspirações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.