Décadas e minutos

Décadas e minutos

Oscar Quiroga

03 de abril de 2014 | 08h48

 

Às 8h48 de quinta-feira 3-4-14 a Lua que cresce ingressou em Gêmeos e está em quadratura com Netuno, sextil com Plutão e Sol, trígono com Marte e quadratura com Mercúrio até 11h55 de sábado 5-4-14, horário de Brasília.

Tua mente te confunde, tua mente te esclarece, e nessa oscilação que, paradoxalmente, é estável e contínua, Tu também te confundes com o que ouves e fazes, mas também te esclareces.

Não importa! Chegará o dia em que serás rei e rainha de tua própria mente.

Enquanto isso, procura manter com firmeza os objetivos mais importantes que persegues, para não te perderes nos minutos de cada dia, que vêm com todos esses detalhes e questiúnculas que se repetem de forma incessante.

É fácil perder-se nas questiúnculas, porque tua mente está mais atenta ao que a impressiona mediante os cinco sentidos físicos, especializados, justamente, em perceber detalhes.

Todos esses detalhes são detalhes mesmo, de um plano maior que arquitetaste; se não te lembras desse, então reserva um momento para tornar à consciência de por que fazes o que fazes.

Se mantiveres a atenção no que de maior e a mais longo prazo pretendes realizar, então não correrás tanto risco de te confundires e perderes no labirinto das pequenas questões.

Os minutos e segundos de teu tempo só fazem sentido pelos anos e décadas que experimentas.

Compreende e aceita o sentido que determinas para tua existência inteira e não te acontecerá nunca mais de te perderes nos minutos e segundos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.