Conforto

Conforto

Oscar Quiroga

09 de janeiro de 2014 | 00h24

 

Às 0h24 de quinta-feira 9-1-14 a Lua que cresce ingressou em Touro e está em sextil com Netuno, trígono com Plutão e sextil com Júpiter até 4h48 de sexta-feira 10-1-14, horário de verão de Brasília.

Os convencimentos são lugares virtuais onde tua mente estaciona, procurando conforto, o velho e bom conforto, quem não gosta, afinal, de conforto?

Quando te dói a vida, quando não a compreendes, quando te parece muito dura a jornada entre o céu e a terra, logo te lembras do além, atualizas a consciência daqueles que supões estão aí como seres superiores para te brindar com o conforto que procuras, e quando o encontras, tornas a deixar de lado o relacionamento com esses seres superiores.

Os seres superiores não podem te dar conforto porque nada fizeram para tirá-lo de ti, Tu és a única causa do teu desconforto, de tua angústia, de teu constrangimento. Esta afirmação não deveria te servir para aprofundares tua angústia, mas para reconheceres que a mesma força que utilizas para te angustiar é a que te elevaria acima dela.

Porém, tens os teus convencimentos, que são inamovíveis, são impenetráveis; a vida bem que tenta te induzir a que os desintegres, mas cada tentativa a recebes como dor e te angustias. Enquanto isso, a vida te acena do outro lado dos teus convencimentos com liberdade, com amplitude, com leveza…

Conforto é uma cadeira ergonômica para que teu corpo esteja livre para fazer os movimentos que precisa enquanto trabalhas, sem que isso sacrifique a postura. Conforto é ter itens de segurança básicos para que dirijas teu veículo. Conforto é ter tempo livre. Esse não é um conforto que vem depois do sofrimento e para mitigá-lo, é o conforto que o previne.

Conforto, porém, não receberás se teu convencimento é o de que a vida aqui na Terra seja um lugar de sofrimento, como poderias receber conforto, como poderias sequer pretender conforto se na verdade não é isso que buscas? Buscas esse conforto só para confirmar que precisas sofrer, quem poderia te salvar disso?

Só Tu poderias te salvar, só Tu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.