Coincidências não são casualidades

Oscar Quiroga

23 de agosto de 2011 | 11h58

 

Das 11h33 de terça-feira 23-8-11 até 6h34 de quarta-feira 24-8-11, horário de Brasília, a Lua que míngua em Gêmeos está em trígono com Netuno.

 

As coincidências não devem ser confundidas com as casualidades, são conceitos absolutamente diferentes.

Enquanto as casualidades denotam acontecimentos estatísticos subordinados a fórmulas matemáticas que projetam possibilidades, as coincidências descrevem as misteriosas junções que transmitem a magia da Vida, aquela que serve para confirmar a eterna suspeita de haver um Plano Mestre em andamento.

Coincidência não é uma estatística, não é uma probabilidade, é um fato da vida que nenhum raciocínio lógico consegue explicar. Coincidência é aquele fato da vida que ocorre inúmeras vezes com todos os seres humanos, tal qual, por exemplo, você começar a pensar em alguém que não vê há muito tempo e em poucas horas essa pessoa ligar para você, ou você a encontra na virada da esquina.

Pois bem, essas coincidências transmitem informações muito importantes que servem para orientar seus passos. Neste momento elas tendem a acontecer com maior frequência do que a habitual.

Valerá a pena receber essas informações e aplicá-las à vida cotidiana.

 

Próximo boletim será publicado às 6h34 de 24/8/11

 

Tudo o que sabemos sobre:

Sincronia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: