Celebre, mas discretamente

Oscar Quiroga

03 de novembro de 2011 | 15h06

Das 15h06 de quinta-feira 3-11-11 até 1h41 de sexta-feira 4-11-11, horário de verão de Brasília, a Lua quarto crescente de Aquário está em oposição a Marte e conjunção a Netuno.

Você deseja avançar, mas também acontece que a cada avanço conquistado, no mais das vezes mínimo, você celebra exageradamente esse mínimo e dissipa sua energia vital em bizarrices. Isso, na prática, resulta em anular o mínimo avanço conquistado e, ao contrário do desejo original, retroceder a um nível anterior, às vezes mais do que um.

Tenha, por isso, cuidado com as celebrações, pois sendo essas legítimas e necessárias, é fundamental não confundi-las com processos de dissipação de energia vital, os quais são meros retrocessos e não celebrações.

O ardor que você sente é legítimo, colocá-lo em prática também, mas negligenciar as obrigações e deveres em nome desse não tem nada de legítimo, na prática significa retrocesso.

Leve a sério seu desejo de avançar e tenha cuidado constante com os inimigos interiores, que anulam o mínimo avanço que acontece todos os dias. Esses boicotam sua vida para que você não avance nada, mas retroceda.

Por que isso? Bem, não se pode ter explicação racional para tudo, essa é apenas uma descrição de um complicado mecanismo psicológico que causa severos transtornos a nossa humanidade.

Descrevê-lo é uma forma de ajudar você a identificá-lo e lhe dar uma razão mais do que fundamental para lutar contra ele, já que é o grande inimigo de seu progresso.

O mundo como um todo também funciona assim e provavelmente mostrará durante este período todo seu poder de criar retrocessos também.

Próximo boletim será publicado à 1h41 de 4/11/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua cresceLua em aquário

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: