Beleza, bondade e iluminação

Beleza, bondade e iluminação

Oscar Quiroga

08 Fevereiro 2013 | 17h16

Às 17h16 de sexta-feira 8-2-13 a Lua que míngua ingressou em Aquário e está em sextil com Urano, trígono com Júpiter e conjunção com Vênus até 8h25 de sábado 9-2-13, horário de verão de Brasília.

Até no meio da descompostura institucionalizada do Carnaval podem acontecer momentos de rara beleza, de bondade e de iluminação, pois, afinal, o que estaria fora do Universo, que é o corpo do Altíssimo?

No que depender dos aspectos astrológicos, este período pode surpreender até os mais ácidos críticos do Carnaval, para os quais este momento profano só contribui para a vileza e a abjeção.

Carentes de percepção divina, nós não somos capazes de enxergar o Altíssimo em tudo, no que apreciamos tanto quanto no que desprezamos também, olhamos a realidade com os olhos de nossas mentes parciais e cheias de prejuízos.

Porém, não há lugar, nem entidade, nem condição alguma em que o Altíssimo não esteja presente e, pelas vias das coincidências misteriosas que vinculam o infinitesimalmente pequeno com o infinitamente grande, acaba se manifestando um pouco de sua glória através de situações das quais não se esperaria nada demais.