As reuniões

As reuniões

Oscar Quiroga

07 de dezembro de 2012 | 16h36

Às 16h36 de sexta-feira 7-12-12 a Lua quarto minguante ingressou em Libra e está em oposição a Urano, quadratura com Plutão e trígono com Júpiter até 11h de sábado 8-12-12, horário de verão de Brasília.

Reunir-se com os que outrora foram amigos ou com aqueles que a força das circunstâncias faz com que passem muito tempo juntos não é garantia de simpatia, sorriso e celebração, às vezes não passa de uma formalidade a ser cumprida, ou mesmo que haja a boa vontade de evocar bons sentimentos, talvez aconteça o contrário, muitas cobranças pairem no ar e, por um deslize qualquer, essas desabem com peso sólido sobre as almas reunidas.

Enfim, reunir gente é “uma faca de dois legumes”, especialmente no período atual, em que apesar de que o fim de ano iminente deveria fazer emergir leveza e alegria, o ano passou tão rápido e o avanço concreto foi tão pequeno, e ainda por cima o governo da Terra Brasilis pouco ajuda a determinar expectativas melhores para o ano que vem, enfim, com todas as adversidades postas sobre a mesa, agregadas essas à já atravancada vida interior humana, o que poderia ser bom pode se transformar em seu contrário com suma facilidade.

É inevitável que haja reuniões nesta época do ano, as familiares, as empresariais, todas as que a formalidade civilizada exige.

É, no entanto, nos moldes da atualidade, um barril de pólvora prestes a explodir com o mínimo aceno.

Na prática, é uma imagem nada boa, porém, no mundo da alma isso é um ótimo sinal, pois a humanidade anda cansada de representar personagens sem ter mais capacidade de identificá-los como úteis para seu destino.

As mudanças necessárias não se concluem do dia para a noite, porém, estão em andamento e são infalíveis.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.