As pontas soltas se transformam em chicotes

Oscar Quiroga

26 de agosto de 2011 | 13h10

 

Às 13h10 de sexta-feira 26-8-11 a Lua quase Nova ingressou em Leão e permanece em trígono com Urano e quadratura com Júpiter até 6h44 de sábado 27-8-11, horário de Brasília. No mesmo período, Mercúrio retoma progradação.

 

Todas aquelas pontas soltas que você deixou para depois tendem a se manifestar neste período, o que na prática significa uma espécie de pega-pra-capar ou deus-nos-acuda.

O processo é rápido e rasteiro, fulminante, daqueles que fazem o coração disparar, mas que ao mesmo tempo oferecem a oportunidade de reajustes que coloquem as coisas em seu devido lugar.

Porém, se você tentar se convencer de que não deixou ponta solta alguma, porque as que havia não eram de sua responsabilidade, essas se transformarão em chicote.

O que ocorrer a você é de sua responsabilidade, esta é a lei de ferro do destino.

Nós podemos ter perdido o fio da meada e esquecido de nossas responsabilidades, mas nossas responsabilidades não se esquecem de nós.

A vida é mistério, é um enigma que por enquanto não é imprescindível decifrar, apenas assumir que tudo que ocorre está dentro de nossas perspectivas e responsabilidades e que, em momentos como agora, se mostra de maneira clara para que assumamos nossas funções e redimamos o que precisa ser liberto.

 

Próximo boletim será publicado às 6h44 de 27/8/11

 

Tudo o que sabemos sobre:

QuirogaSincronia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: