Apesar de tudo, as decisões

Oscar Quiroga

04 de novembro de 2011 | 05h19

Às 5h19 de sexta-feira 4-11-11 a Lua que cresce ingressou em Peixes e permanece em quadratura com Mercúrio e Vênus, tanto quanto sextil com Júpiter e Plutão até 16h06, horário de verão de Brasília.

Ainda que o panorama não seja de todo compreensível ou agradável, este será o momento em que decisões deverão ser tomadas; muitas dessas, na falta de razões concretas, ao toque da intuição, na melhor das hipóteses, ou do palpite, o clássico chute, na pior dessas.

Certo é que não seria sábio de sua parte tentar protelar essas decisões, achando que o tempo, neste caso, iria ajudar. Neste caso, é evidente que o tempo pressiona para que você coloque sua força de vontade em ação, pois a complexidade do panorama não se solucionará com esperas ou paciência, mas com ação.

Novamente, será melhor errar por ter agido do que aguentar a consequência do erro produzido por ter se abstido de agir.

Considere que se a realidade pressiona você com um mundaréu de complicações, isso é evidência de seu potencial de solucioná-las e com isso melhorar seu mundo e todas as pessoas incluídas nesse.

Se nessa hora você tentar tirar o seu da reta, inadvertidamente pretendendo com isso garantir paz e sossego, o que você vai de fato fazer é evitar que seu mundo melhore e com isso todas as pessoas de seu circulo de influência sofrerão.

Então, chega de gastar tempo lendo estas linhas e mão à obra!

Próximo boletim será publicado às 16h06 de 4/11/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua cresceLua em Peixes

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: