Amor e Liberdade

Amor e Liberdade

Oscar Quiroga

27 de novembro de 2013 | 20h01

 

Às 20h01 de quarta-feira 27-11-13 a Lua que míngua ingressou em Libra e está em oposição a Urano, quadratura com Plutão, Júpiter e Vênus até 9h15 de sexta-feira 29-11-13, horário de verão de Brasília. No mesmo período, Júpiter recebe o trígono de Mercúrio e a oposição de Vênus.

Tua vontade de ser livre está secretamente vinculada ao amor que tens para dar, mas que permanece contido, entulhando o caminho e obstruindo a passagem.

As obstruções que experimentas são os beijos e abraços que não deste nem dás, todos obstruem abstrata, porém, eficientemente tua passagem pelos cômodos de tua casa, pelas diversas dimensões disso que chamas de “tua vida”. São as palavras carinhosas que nunca disseste as que entulham teu armário com roupas que não precisas e que nem cuidas direito.

Tua vontade de ser livre está encaixotada junto com todos esses cacarecos que guardas como se tivessem verdadeiro valor, tua vontade de ser livre está aí, amarrada ao amor que tens para dar, mas que conténs, se transformando em coisas às quais te apegas e que obstruem o livre fluir de tua presença, de teus sentimentos para com todas as pessoas, dos bons humores que poderias desfrutar.

E não penses que precisas de alguém especial, desse par de olhos belos com que sonhas, ou das curvas deliciosas de um corpo fantástico, de nada disso precisas para te autorizares a amar.

Todas as pessoas com que convives diariamente merecem teu amor, Tu mereces oferecer esse amor na maneira que melhor te aprouver, porque enquanto não ofereceres teu amor a tua vida continuará amarrada a milhões de coisas inúteis e contraproducentes.

Só o amor te liberta, só o amor tornará tua vida mais leve, só o amor que ofereceres, e não o que receberes te tornará tão livre quanto desejas.

A contabilidade do recebimento de amor, no fim da existência, será exatamente igual ao amor que tiveres oferecido.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: