A vida é mistério

A vida é mistério

Oscar Quiroga

06 de agosto de 2012 | 15h29

Das 15h29 de segunda-feira 6-8-12 até 17h05 de terça-feira 7-8-12, horário de Brasília, a Lua que míngua em Áries está em oposição a Marte e Saturno. No mesmo período, Vênus ingressa em Câncer.

A vida é mistério e nossa humanidade tem a mania de precisar se sentir no domínio da situação; dessa combinação incongruente resulta uma infinidade de raciocínios retorcidos com dois objetivos, primeiro, esquecer que a vida é mistério e, por isso, incontrolável, e segundo, encerrar-se numa bolha existencial em que pareça tudo estar sob controle para satisfazer a mania.

Assim é que nossa humanidade gasta uma boa parcela do seu tempo tentando manipular a realidade, achando que nada vai lhe escapar, que tudo estará dominado; porém, o tempo passa e como a vida é mistério, em algum momento tudo escapará ao controle e convidará a se entregar a esse mistério infinito que é a vida; em troca, a vida oferece graça imperecedoura e proteção.

Contudo, se você insiste em colocar o mistério da vida sob seus pés e se achar o rei da cocada preta, esse invento vai durar um tempo, tanto quanto seja necessário para você se acostumar com essa realidade fictícia; um dia, porém, algo acontecerá e demonstrará a você claramente que a vida estava brincando com você, lhe dando trela para se achar o rei da cocada preta, mas que do dia para a noite retira a rede de proteção sob seus pés e aí fica você levitando no infinito, sem referências para continuar se regozijando no domínio.

De novo, isso não é castigo, é convite à rendição, mediante a qual o mistério da vida oferece graça imperecedoura e proteção.